11 de ago de 2013

Momentos






Por isso o estado cearense tende a usar maior quantidade de investimento de recursos financeiro e humano para otimizar as metas desejadas de organização e execução “devido a facilidade”, caso os agentes se reconhecessem vinculados ao território através de uma percepção adquirida da sua história ou de rituais assentados num imaginário que traduzam a filiação ao lugar que moram. Pois não há território sem o sentimento identitário, nem identidade sem história e imaginário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário